Retrato de Manuel Teixeira Gomes aos 35 anos de idade

•Junho 14, 2007 • Deixe um Comentário

mtgomes-copy.jpg

Manuel Teixeira Gomes

•Junho 13, 2007 • 1 Comentário

Manuel Teixeira Gomes nasceu em Portimão em 27 de Maio de 1860. Filho de José Libânio Gomes, um comerciante abastado, e de Maria da Glória Teixeira Gomes, estudou no seminário de Coimbra e frequentou, por pouco tempo e sem sucesso, a Faculdade de Medicina. A vida boémia nos espaços de sociabilidade dos literatos da época valeu-lhe laços de amizade com escritores e artistas, mas condenou-o ao regresso ao sul. De Portimão viajou para a  Europa do Norte (negócio) e para o sul mediterrânico (ócio) que o deslumbrou. Dividido entre o norte e o sul, tornou-se um «desenfreado epistológrafo». Em 1911, foi  convocado pela jovem República para a representar diplomaticamente em Londres. Terminada a 1ª Grande Guerra, chefia a delegação portuguesa à assembleia da Sociedade das nações sendo eleito seu vice-presidente. No ano seguinte, em 1923, a 6 de Agosto é eleito em sessão plenária das duas Câmaras do Congresso como Presidente da República, cargo que ocupou até á sua renúncia em 11 de Dezembro de 1925. Parte a bordo do cargueiro holandês Zeus, para nunca mais regressar ao país. Viajou pelo Mediterrâneo, durante seis anos, até que, por motivos de doença, se fixou em Bougie (actual Bejaia) onde veio a falecer em 18 de Outubro de 1941.