Portimão

zonaribeirinha2.jpg

Em 1935, exilado voluntariamente em Bougie, Manuel Teixeira Gomes descreveu assim a sua cidade natal:

«Portimão, onde eu nasci (vai já em três quartos de século), não se vê do mar: fica recolhida na bacia do rio Arade, encostada quase às faldas da serra, que lhe serve de fundo, e tendo como fronteira uma pitoresca aldeia, em forma de pirâmide, que se chama Ferragudo.

Estou convencido (não cesso de o repetir) de que, nesse trecho da costa algarvia, se realizou a concepção literária e pictórica da “paisagem grega”, que mal se esboça, aqui e ali, nalgumas ilhas do arquipélago, nos arredores de Nápoles, na Sicília e na Argélia.»

Regressos. Lisboa: Seara Nova, 1935

casa-mtg2-copy.jpg

 

 

Casa onde nasceu Manuel Teixeira Gomes, na antiga Rua dos Quartéis (actual Rua Júdice Biker), em Portimão


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: